Mapa do Site
Um Programa NacionalIntervenção  Acções     Encontros   Projetos e    Estudos Galeria MultimédiaDocumentosContactos
Notícias   
Notícias   
25/01/2017   Apresentação Pública do Programa de Ação da Polis Litoral Norte para 2017

A Polis Litoral Norte - Sociedade para a Requalificação e Valorização do Litoral Norte, SA, irá concretizar, em 2017, um conjunto de empreitadas que visam o reforço dos sistemas naturais e artificiais de defesa costeira, bem como a renaturalização e requalificação de mais alguns troços da orla marítima, em Caminha, Viana do Castelo e Esposende.

Para tal, é apresentado o programa de ações nos três Municípios.
Município de Caminha:
Financiamento comunitário pelo POSEUR:
Proteção, reabilitação e reforço do cordão dunar entre Camarido e Moledo, numa extensão de cerca de 700 metros, com areias provenientes de dragagens de manutenção a realizar no canal de navegação no troço final da zona estuarina do Rio Minho.
• Investimento global associado: 521 mil euros
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Outubro de 2017

Proteção e reabilitação do sistema costeiro entre a Foz do Rio Âncora e o Forte do Cão, consistindo na execução de recarga de areias na praia localizada entre a duna dos caldeirões e o Forte do Cão através da ripagem da zona entre-marés, tratando-se assim meramente de cedência sedimentar de zonas com excesso para outras com défice, com o objetivo de reforçar o cordão dunar enquanto elemento natural de proteção costeira. Em complemento, e também na primeira linha de duna, inclui ainda a erradicação de espécies exóticas infestantes numa faixa de 40 metros de largura, para promover a recuperação de vegetação autóctone, que irá impulsionar a fixação e robustez daquele sistema dunar.
• Investimento global associado:  162m€.
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Fevereiro de 2017

Financiamento comunitário pelo Norte 2020:
Infraestruturas para valorização e visitação de Áreas Classificadas no Concelho de Caminha, que implica a construção de dois troços da futura Ecovia do Litoral Norte, entre a Capela de Santo Isidoro e a ciclovia de Vila Praia de Âncora, e a ponte pedonal sobre o Rio Âncora, que permitirão, considerando os troços adjacentes já construídos e a construir no curto prazo, a ligação ininterrupta, em canal pedonal e ciclável, de Moledo ao forte do Cão numa extensão total de aproximadamente 7.100m. Compreende ainda iluminação pública, mobiliário urbano, sinalização e arranjos na envolvente.
• Investimento global associado: 282 mil euros.
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Julho de 2017

Infraestruturas verdes no Rio Âncora, que incide sobre uma área de cerca de 14ha em ambas as margens do rio, e visa a construção de percursos de visitação e contemplação, pedonais e cicláveis, que farão parte da futura Ecovia do Litoral Norte numa extensão de aproximadamente 790m, com vista à diminuição do risco, preservação, requalificação e divulgação daquela zona estuarina. Inclui ainda a eliminação das grandes manchas de espécies exóticas invasoras, a reabilitação da galeria ripícola, a valorização do habitat de espécies faunísticas autóctones através da criação de abrigos para a fauna, com a necessária sinalização regulamentar e informativa dos valores em presença.
• Investimento global associado: 349 mil euros.
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Setembro de 2017

Infraestruturas para valorização e visitação da Mata Nacional da Gelfa, com a construção de um troço da futura Ecovia do Litoral Norte que permitirá a ligação ininterrupta, em canal pedonal e ciclável, de Moledo ao Forte do Cão, numa extensão total de cerca de 7.100 metros, contemplando o atravessamento de áreas tão importantes do ponto de vista natural, patrimonial, cultural e económico, como seja as urbes de Moledo e Vila Praia de Âncora, os Fortes da Lagarteira e do Cão, a zona estuarina do Rio Âncora, a Mata Nacional da Gelfa e a área dos Rochedos de St. Isidoro. Inclui ainda mobiliário urbano, sinalização informativa e arranjos paisagísticos na envolvente.
• Investimento global associado: 338 mil euros.
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Outubro de 2017

Município de Viana do Castelo
Financiamento comunitário pelo POSEUR:
Proteção e Reabilitação do Sistema Costeiro na Praia de Ínsua, que visa a proteção, reabilitação e reforço do cordão dunar enquanto elemento de defesa costeira; reabilitação e reordenamento dos acessos viários, estacionamento automóvel, acessos pedonais, redes de infraestruturas e locais de implantação dos futuros Apoios de Praia.
• Investimento global associado: 330 mil euros.
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Junho de 2017

Proteção e Reabilitação do Sistema Costeiro na Praia de Arda/Bico, com vista à proteção e reabilitação do cordão dunar enquanto elemento de defesa costeira; reabilitação e reordenamento dos acessos viários, estacionamento automóvel, acessos pedonais, redes de infraestruturas e locais de implantação dos futuros Apoios de Praia.
• Investimento global associado: 815 mil euros.
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Julho de 2017

Defesa costeira, proteção de pessoas e bens, e requalificação da frente marítima da Praia Norte, que consiste na construção de um novo muro marginal de defesa costeira recuado para nascente e no consequente aumento da superfície de areal da praia, na transferência dos equipamentos de praia, da via de circulação automóvel e das áreas de estacionamento, também para nascente, ou seja, fora da faixa de risco, e na criação, entre aquelas duas novas zonas, de um conjunto de praças temáticas. Esta nova distribuição dos usos nas áreas de apoio à Praia Norte, por um lado incrementará significativamente a segurança de pessoas e bens contra as investidas do mar em situações de temporal, e por outro promoverá o uso da Praia Norte, com a devida qualidade, ao longo de todo o ano.
• Investimento global associado: 2.15 Milhões €
• Taxa de co-financiamento comunitário (apenas para as intervenções relacionadas com a defesa costeira): 85%
• Previsão de conclusão: Junho de 2017.

Proteção e reabilitação do sistema costeiro nas Praias da Amorosa, que implica a construção de uma frente resistente ao avanço do mar, com recurso a patamares de geocilindros resistentes, com núcleo em areia e encostados ao sistema dunar, que, no entanto, continuará a permitir o acesso pedonal às praias através de passadiços sobreelevados e escadas.
• Investimento global associado: 1,58 milhões de euros
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Outubro de 2017
Proteção e reabilitação do sistema costeiro nas Praias a Sul de Pedra Alta, implicando a construção de uma frente resistente ao avanço do mar, com recurso a patamares de geocilindros resistentes, com núcleo em areia e encostados ao sistema dunar, que, no entanto, continuará a permitir o acesso pedonal às praias através de passadiços sobreelevados.
• Investimento global associado: 1,28 milhões de euros
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Outubro de 2017.
Financiamento comunitário pelo Norte 2020:
Corredor Ecológico em Carreço e Afife, integrando uma intervenção entre a Praia de Arda/Bico e a Praia de Paçô, numa extensão de cerca de 1.500 m, compreendendo percursos de visitação e contemplação, pedonais e cicláveis, ao longo da faixa entre o cordão dunar e a área agrícola. Compreende ainda sinalização regulamentar e informativa, no âmbito da futura Ecovia do Litoral Norte (percurso e valores em presença).
• Investimento global associado: 256 mil euros.
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Agosto de 2017.

Infraestruturas para valorização e visitação de áreas classificadas no concelho de Viana do Castelo com a construção de um troço de aproximadamente 1.300 m da futura Ecovia do Litoral Norte, entre a Praia de Fornelos e o Portinho do Lumiar, que materializará, em conjunto com outros troços adjacentes já construídos ou a construir no curto prazo, um percurso pedonal e ciclável entre a Praia de Arda/Bico e a Praia Norte, numa extensão total de 10.650m. Compreende ainda sinalização regulamentar e informativa da infraestrutura e dos valores em presença, mobiliário urbano e um ponto de apoio/encontro.
• Investimento global associado: 332 mil euros.
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Agosto de 2017.

Infraestruturas para valorização e visitação da margem direita do rio Neiva, com uma intervenção que incide sobre a área estuarina do rio e materializa um troço da futura Ecovia do Litoral Norte com uma extensão de aproximadamente 1.485 metros, que em conjunto com outros troços adjacentes já construídos ou a construir no curto prazo, permitirá uma ligação ininterrupta, em canal pedonal e ciclável, desde o centro da freguesia de Castelo do Neiva à margem esquerda da foz do Rio Neiva, já no concelho de Esposende. Compreende, assim, a execução dos seguintes trabalhos: demolições, movimentos de terras, pavimentos e contenções, infra-estruturas, mobiliário urbano e sinalização e fornecimento e aplicação de materiais vegetais
• Investimento global associado: 335 mil euros.
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Outubro de 2017.

Infraestruturas para valorização e visitação do estuário do rio Neiva – ponte pedonal e ciclável, com a construção de uma ponte sobre o rio Neiva, que, no âmbito da futura Ecovia do Litoral Norte, permitirá uma ligação ininterrupta, em canal pedonal e ciclável, desde o centro da freguesia de Castelo do Neiva à margem esquerda da foz do Rio Neiva, já no concelho de Esposende.
• Investimento global associado:350 mil euros.
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Outubro de 2017.


Município de Esposende:
Financiamento comunitário pelo POSEUR:

Alimentação artificial das praias adjacentes à Foz do Cávado, mediante o reforço dos cordões dunares, com recurso a areias provenientes das dragagens de manutenção a realizar na barra e canal de navegação do troço final do Rio Cávado. Comporta ainda a colocação de um passadiço sobreelevado de acesso à praia de Cepães/Suave Mar, com capacidade para trânsito de veículos prioritários.
• Investimento global associado: 376 mil euros
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Setembro de 2017


Reabilitação do molhe Norte da embocadura do rio Cávado, mantendo o seu comprimento, de 100m, tipologia em prisma de enrocamento, e implantação. É feita ao nível do manto e submanto, e abrange trabalhos de escavação a seco e dragagem de areias no leito do rio, colocação de enrocamento (reutilizado e novo), e reforço do areal da Praia de Suave Mar.
• Investimento global associado: 784 mil euros
• Taxa de co-financiamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Fevereiro de 2017

Proteção e reabilitação do sistema costeiro na Praia da Bonança, com a construção de uma frente resistente ao avanço do mar, com recurso a patamares de geocilindros resistentes, com núcleo em areia e encostados ao atual alinhamento do pé das arribas de erosão. A intervenção contemplará ainda a proteção da zona de enraizamento do esporão imediatamente a Norte, bem como dois passadiços sobreelevados e escadas, que possibilitarão o acesso pedonal à praia.
• Investimento global associado: 1,47 milhões de euros
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Outubro de 2017.

Financiamento comunitário pelo Norte 2020:
Infraestruturas para valorização e visitação do estuário do rio Neiva – ponte pedonal e ciclável, implicando a construção de uma ponte sobre o rio Neiva, que, no âmbito da futura Ecovia do Litoral Norte, permitirá uma ligação ininterrupta, em canal pedonal e ciclável, desde a margem esquerda da foz do Rio Neiva ao centro da freguesia de Castelo do Neiva, já no concelho de Viana do Castelo.
• Investimento global associado: 350 mil euros.
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Outubro de 2017.

Infraestruturas para valorização e visitação do Parque Natural do Litoral Norte - troço entre as praias de Rio de Moinhos e de Cepães, com a construção de 1 troço de aproximadamente 1.050 metros da futura Ecovia do Litoral Norte, que uma vez materializado no terreno, permitirá a ligação ininterrupta, em canal pedonal e ciclável, da Praia de Rio Moinhos à marginal de Esposende, numa extensão total de 4.800 metros. Compreende a execução da indispensável sinalização regulamentar e informativa da própria infraestrutura e dos valores em presença, bem como de mobiliário urbano.
• Investimento global associado: 313 mil euros.
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Outubro de 2017

Infraestruturas para valorização e visitação de áreas classificadas no concelho de Esposende – troço entre a praia de Cepães e a marginal de Esposende, com a construção de um troço de aproximadamente 1.100 metros da futura Ecovia do Litoral Norte, que uma vez materializado no terreno, permitirá a ligação ininterrupta, em canal pedonal e ciclável, da Praia de Rio de Moinhos, à marginal de Esposende, numa extensão total de 4.800m. Compreende a indispensável sinalização regulamentar e informativa da própria infraestrutura e dos valores em presença, bem como de mobiliário urbano.
• Investimento global associado: 350 mil euros
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Julho de 2017.
Infraestruturas verdes no Rio Neiva, que incide sobre a margem esquerda do estuário, entre o açude de Santa Tecla e a foz, numa área de aproximadamente 15ha e extensão de cerca de 1.500m. Compreende percursos de visitação e contemplação, pedonais e cicláveis, e inclui a estabilização de margens em erosão, a plantação de árvores e prado, manutenção de zonas verdes existentes, a construção de novo pontão de madeira sobre a Ribeira da Cividade, a construção de novas plataformas de acesso ao pontão fluvial, e a execução de mobiliário urbano diverso. Inclui a necessária sinalização regulamentar e informativa dos valores em presença
• Investimento global associado: 405 mil euros
• Taxa de cofinanciamento comunitário: 85%
• Previsão de conclusão: Julho de 2017.








« voltar


CONHEÇA OS ESTUDOS E PROJETOS DA POLIS LITORAL NORTE
 

ÁREA DE INTERVENÇÃO
5000 ha

FRENTE COSTEIRA
50 Km

ZONAS ESTUARINAS DOS RIOS
Coura / Minho / Âncora / Lima / Neiva / Cávado

ÁREA PROTEGIDA
Parque Natural do Litoral Norte

www.welink.pt
O seu nome O seu email
Nome do amigo Email do amigo
Comentários
 
www.maotdr.gov.pt www.cm-viana-castelo.pt www.cm-esposende.pt www.cm-caminha.pt www.arhnorte.pt portal.icnb.pt http://www.parqueexpo.pt www.ccdrn.pt