Inauguração da empreitada de Defesa Costeira, Proteção de Pessoas e Bens e Requalificação da Frente Marítima da Praia Norte

Pretende assegurar a revitalização, quer do ponto de vista da segurança quer no que toca ao uso dos espaços, desta faixa urbana da orla costeira.

Foram executadas obras de proteção costeira, novas redes de infraestruturas enterradas, novas áreas de estacionamento automóvel, e um conjunto de praças temáticas e equipamentos para usufruto das populações e visitantes.

 

Investimento: 3.1 Milhões de Euros

A intervenção já se encontrava identificada no Plano de Pormenor para o Arranjo da Praia Norte e área envolvente, da autoria do Arq. Henrique Carvalho, de 1993. Para esta área, foi delimitada uma Unidade de Estudo (UE6) no Plano de Urbanização da cidade de Viana do Castelo, de 16 de Julho de 2008. Nele, caraterizava-se esta área litoral como praia degradada pelas obras portuárias, deficientemente infraestruturada e não permitindo uma condigna utilização (art. 173º), mas estava também prevista a sua reabilitação como área eminentemente lúdica, dotando-a das necessárias infraestruturas e equipamentos de apoio (art. 174º).

Desta forma, o Plano Estratégico elaborado pela Sociedade Polis Litoral Norte identificou este projeto como “área de valorização paisagística e ambiental com a qualificação do espaço público, ordenamento do estacionamento e construção de estruturas de apoio turístico” (2008).

O projeto aprovado foi entretanto apresentado e discutido nos 2ºs Encontros do Litoral (sessão pública) de 24 e 25 de Novembro de 2010, e resultou de um concurso público de concepção, naturalmente com Termos de Referência enquadrados no PUC e no Plano Estratégico da Polis Litoral Norte.

A intervenção, agora concluída, criou um novo muro de proteção costeira recuado relativamente ao anterior, aumentou a área de praia, substituiu a circulação automóvel na frente marítima por um lindíssimo e amplo passeio pedonal, concentrou o estacionamento automóvel na rectaguarda, criou um conjunto de praças temáticas vocacionadas para os mais diversos usos – áreas relvadas, zona infantil, auditório natural e equipamentos de restauração e de uso público, os já existentes e os previstos para breve – dotou a globalidade do espaço de mobiliário urbano e iluminação modernos, e assegurou a continuidade do circuito da Ecovia do Litoral Norte, valências que no conjunto rapidamente potenciaram o uso diurno e nocturno, exclusivamente pedonal e ciclável,  deste espaço marítimo de excelência.

As novas áreas de estacionamento disponibilizam 288 lugares em vez dos anteriores 204, e ainda um alargado número de lugares para pessoas com mobilidade reduzida, e para autocarros.

O passeio marítimo contempla rampas e escadas de acesso à praia, e a área útil de praia foi ampliada em cerca de 30%.

Polis Litoral Norte, Sociedade para a Requalificação e valorização do Litoral Norte, S.A. (em liquidação)

 

Edifício de Apoio à Doca de Recreio

4900-405 Viana do Castelo

Telf. 258 806 440

Fax. 258 806 449

geral@polislitoralnorte.pt

Acionistas:
Financiamento: