Aprovada Candidatura “Infraestruturas para valorização e visitação de áreas classificadas no concelho de Caminha” ao Programa Operacional Regional do Norte

Foi aprovada a candidatura da Sociedade Polis Litoral Norte, SA, ao Programa Operacional Regional do Norte do Portugal 2020 para a execução de “Infraestruturas para valorização e visitação de áreas classificadas no concelho de Caminha”. Trata-se da construção de dois troços da futura Ecovia do Litoral Norte que permitirão a ligação ininterrupta, em canal pedonal e ciclável, entre Moledo e o Pinhal da Gelfa, numa extensão total, englobando outros troços já executados, de aproximadamente 5750 metros.

O primeiro troço refere-se à ligação da Capela de Santo Isidoro à ciclovia já existente a norte de Vila Praia de Âncora, numa extensão de aproximadamente 670 metros. Aqui haverá, numa parte, a partilha de canal com o uso motorizado. Depois, mais a sul e até ao troço de ciclovia já construído, o canal pedonal e ciclável desenvolver-se-á na berma poente, desempenhando a função de delimitação da circulação motorizada, protegendo assim o ecossistema costeiro ali existente. O segundo troço é a ponte pedonal e ciclável sobre o Rio Âncora, numa extensão de aproximadamente 90m, que permitirá unir os percursos pedonais e cicláveis a desenvolver nas margens do rio. Esta travessia será constituída por uma solução estrutural mista (metal/betão), e com apoios ao solo apenas nas duas margens.

Além de alavancar o turismo local, esta intervenção terá um contexto muito mais vasto, supramunicipal, dado ser parte integrante do projeto global da Ecovia do Litoral Norte, que se desenvolverá entre Caminha e Esposende ao longo de cerca de 73Km, num canal dedicado com 2,5m de largura, que, implementando os princípios estabelecidos pelas Vias Verdes Europeias, se quer assumir como forma de vivência humana, de mobilidade equilibrada e sustentável.

Com esta candidatura pretende-se reproduzir e multiplicar as mais-valias ambientais e de ordenamento da orla costeira reconhecidas no POOC Caminha-Espinho e transformá-la, simultaneamente, num produto turístico sustentável, com capacidade para captar novos públicos. Visa-se ainda, com esta intervenção, a promoção da mobilidade sustentável e ambientalmente correta, como forma de vivência da orla costeira e a valorização e promoção dos valores naturais e culturais singulares do Litoral Norte, como mote de promoção territorial.

Valor de Investimento Elegível: 283.192,79 €

Polis Litoral Norte, Sociedade para a Requalificação e valorização do Litoral Norte, S.A. (em liquidação)

 

Edifício de Apoio à Doca de Recreio

4900-405 Viana do Castelo

Telf. 258 806 440

Fax. 258 806 449

geral@polislitoralnorte.pt

Acionistas:
Financiamento: