Apresentada candidatura para “Infraestruturas para valorização e visitação da Mata Nacional da Gelfa” pela Sociedade Polis Litoral Norte

A Sociedade Polis Litoral Norte apresentou a candidatura “Infraestruturas para valorização e visitação da Mata Nacional da Gelfa” ao Programa Operacional Regional do Norte. Trata-se da construção de um troço da futura Ecovia do Litoral Norte no concelho de Caminha, que permitirá a ligação ininterrupta, em canal pedonal e ciclável, entre Moledo e o Forte do Cão, na Gelfa, ao longo de 7.100 metros.

No traçado, com uma extensão de aproximadamente 1.380 metros que atravessa na plenitude a Mata Nacional da Gelfa, há o aproveitamento de plataformas de caminhos e aceiros existentes, até à ligação com o Forte do Cão, já próximo de Viana do Castelo.

Tendo presente a necessidade de salvaguarda dos valores naturais, a intervenção incorpora mecanismos de eliminação da circulação motorizada, pela implantação proposta do traçado (a Norte da Mata da Gelfa) e tipologia de construção (a Sul da Mata da Gelfa).

Esta operação tem como desígnio a valorização e promoção ambiental e aumento do contacto da população com a orla costeira, a criação de um novo recurso turístico, com escala de atração internacional, capaz de provocar um aumento da procura, e de dormidas, no território, de promover a valorização da excelência do património cultural e natural no contexto de estratégias regionais distintivas de desenvolvimento turístico.

Além de alavancar o turismo local, esta intervenção terá um contexto muito mais vasto, supramunicipal, dado ser parte integrante do projeto global da Ecovia do Litoral Norte, que se desenvolverá entre Caminha e Esposende ao longo de cerca de 73Km, num canaldedicado com 2,5m de largura, que, implementando os princípios estabelecidos pelas Vias Verdes Europeias, se quer assumir como forma de vivência humana, de mobilidade equilibrada e sustentável.

Com esta candidatura pretende-se reproduzir e multiplicar as mais-valias ambientais e de ordenamento da orla costeira reconhecidas no POOC Caminha-Espinho e transformá-la, simultaneamente, num produto turístico sustentável, com capacidade para captar novos públicos. Visa-se ainda a promoção da mobilidade sustentável e ambientalmente correta, como forma de vivência da orla costeira e a valorização e promoção dos valores naturais e culturais singulares do Litoral Norte, como mote de promoção territorial.

Valor de Investimento Candidatado: 337.770,35 €

Polis Litoral Norte, Sociedade para a Requalificação e valorização do Litoral Norte, S.A. (em liquidação)

 

Edifício de Apoio à Doca de Recreio

4900-405 Viana do Castelo

Telf. 258 806 440

Fax. 258 806 449

geral@polislitoralnorte.pt

Acionistas:
Financiamento: